Baixar XML para Análise no Monitor Oobj

A ação "Baixar XML para Análise" permite fazer o Download de XML de qualquer documento rejeitado.

Através da tela de Doc. Emitidos, pode-se realizar essa ação para um ou vários documentos de uma vez

 

Essa ação tem como objetivo disponibilizar ao usuário o XML do DFe rejeitado para que seja analisado os campos ou valores que foram enviados para a Sefaz. 

Através desta análise, identificado os campos ou valores incorretos, basta realizar a correção e reenviar o documento pelo seu ERP.

 

Veja a seguir como Baixar XML para análise:

1 - Na tela de Doc. Emitidos, selecione um ou mais itens e clique em "Mais Ações>>Baixar XML para análise":

 

2 - Será exibida uma nova tela para você confirmar o download do XML, nesta tela clique em "Baixar XML para Análise":

 

3 - Será feito o download de um arquivo compactado, em formato .zip contendo todos os arquivos XMLs.

 

 
Observação

O arquivo XML para analise esta disponível somente para documentos que não foram autorizados. Para documentos autorizados, utilize a opção "Baixar XML". Também é necessário que o seu usuário tenha um perfil com permissões para realizar essa ação.

0 (0)
Avaliação do Artigo (Nenhum voto)
Avaliar esse artigo
Anexos
Não há anexos para este artigo.
Artigos Relacionados RSS Feed
Observações no Monitor Oobj
Visualizado 190 vezes desde 19/09/2017
Status Encerrado
Visualizado 169 vezes desde 25/09/2017
Status Lote não Transmitido
Visualizado 218 vezes desde 21/09/2017
Status Encerramento
Visualizado 185 vezes desde 25/09/2017
Status Lote Recebido
Visualizado 131 vezes desde 21/09/2017
Nova Inutilização no Monitor Oobj
Visualizado 131 vezes desde 09/11/2017
Inutilização no Monitor Oobj
Visualizado 227 vezes desde 23/08/2017
Status Lote Processado
Visualizado 159 vezes desde 21/09/2017
Como Gerar Retorno de Inutilização no Monitor Oobj?
Visualizado 140 vezes desde 10/11/2017
CT-e Emitidos no Monitor Oobj
Visualizado 217 vezes desde 17/08/2017
Comentários
Nome
Email
Código de Segurança Security Code
Não há comentários para este artigo. Seja o primeiro a postar um comentário.