Fluxo de Emissão com a Integração Cielopos

A integração Cielopos está presente na solução Oobj DF-e Client, ela consiste em fazer o processamento de um arquivo Json a partir de uma requisição HTTP.

A partir de uma requisição HTTP, o DF-e Client faz o processamento do arquivo e devolve o retorno com o texto a ser impresso pela máquina de cartão, nesse caso o cupom fiscal.

Todo o fluxo dessa integração está associado ao produto Oobj Checkout, que é uma solução Oobj para fechamento de contas diretamente da máquina de cartão. 

 

Antes de prosseguir é sugerido a leitura da seguinte base de conhecimento:

 

Fluxo da Integração Cielopos

Assim como toda integração, a cielopos possui um fluxo com um objetivo final, neste caso, obter a autorização e impressão do cupom fiscal eletrônico. Entenda como esse fluxo funciona.

 

1 - Máquina Cielo

O processo de emissão é inciado a partir do momento que é realizado o fechamento da conta, que ocorre através da máquina de cartão de crédito. Como parte do produto Oobj Checkout, será instalado na máquina uma solução que fará a comunicação necessária para realizar a requisição HTTP.

 

2 - Servidor Micros

Por padrão a solução Oobj DF-e Client é instalada no servidor Micros, no entanto essa aplicação pode ser instalada em outra máquina ou servidor, se for o caso, desde que, esteja conectado a rede da loja.

  • Oobj DF-e Client
         Essa aplicação possui um conjunto de serviços que realizam tarefas distintas e para a integração cielopos, serão utilizados: 
    • Integrador HTTP
      • O Integrador é um dos serviços do DF-e Client e é responsável por receber as solicitações HTTP. Esse serviço recebe o arquivo json na requisição e disponibiliza para o serviço Motor Periférico para processamento.
      • Esse serviço também fará a entrega do retorno após o processamento junto a Sefaz. O arquivo de retorno virá formatado em texto e seu conteúdo é o cupom fiscal eletrônico autorizado, esse texto será processado e a máquina Cielo fará a impressão do cupom fiscal.
    •  Motor Periférico
      • É responsável por receber o arquivo json em pasta, fazer a conversão para o layout Sefaz, assinatura fiscal eletrônica do arquivo XML e envio para o Data Center Oobj.
      • Após o processamento junto a Sefaz, o Motor Periférico irá receber uma resposta do data center Oobj e irá disponibilizar o arquivo de retorno em pasta para que o Integrador HTTP possa disponibilizar para o serviço que fez a solicitação HTTP.

 

3 - Data Center Oobj

É no Data Center que ocorre as últimas validações e envio do arquivo XML para a Sefaz.

 

4 - Sefaz

É responsável por receber a solicitação de processamento, fazer as validações fiscais, autorizar ou não o arquivo XML e devolver uma resposta do processamento.

A partir desse ponto ocorrerá todo o processo inverso, ou seja:

  • A Sefaz irá devolver um retorno;
  • O data center Oobj irá disponibilizar essa resposta;
  • O Motor Periférico irá capturar essa resposta no Data Center e irá disponibilizar o arquivo em pasta;
  • O Integrador HTTP irá capturar esse arquivo e irá transformar em um retorno para a solução que fez a requisição HTTP;
  • A solução receberá a resposta e fará o envio da solicitação de impressão diretamente para a máquina de cartão;

 

Fluxo animado de processamento da solução Oobj Checkout

 

Referência

5 (1)
Avaliação do Artigo (1 Votos)
Avaliar esse artigo
Anexos
Não há anexos para este artigo.
Artigos Relacionados RSS Feed
Integração HTTP Local
Visualizado 1477 vezes desde 10/01/2018
Como testar Integração HTTP Oobj?
Visualizado 905 vezes desde 19/08/2019
Comentários
Nome
Email
Código de Segurança Security Code
Não há comentários para este artigo. Seja o primeiro a postar um comentário.