Rejeição 535: Município do Recebedor inexistente - Como resolver?

Quando for emitido um CT-e (modelo 57) informando o recebedor e o Código do Município do Recebedor (campo: cMun) não existir na Tabela de Municípios do IBGE, haverá a rejeição pelo motivo 535 - Município do Recebedor inexistente.

 

Exceções e Observações

Para esta regra de validação não há exceção.

 

Regra de Validação da Sefaz

 

Exemplo

No exemplo abaixo, foi emitido um CT-e e no Código do Município do Recebedor (campo: cMun) foi informado o código '8800999', mas esse código não existe na Tabela de Municípios do IBGE. Nessa situação o CT-e foi rejeitado pelo motivo 535.

Trecho do XML:

<receb>
	<CNPJ>07385111000102</CNPJ>
	<IE>12345678</IE>
	<xNome>EMPRESA TESTE LTDA</xNome>
	<enderReceb>
		<xLgr>RUA BRASILIA</xLgr>
		<nro>SN</nro>
		<xBairro>CENTRO</xBairro>
		<!-- Código do Município do Recebedor -->
		<cMun>8800999</cMun>
		<xMun>ITATIAIA</xMun>
		<CEP>27580000</CEP>
		<UF>RJ</UF>
		<cPais>1058</cPais>
		<xPais>BRASIL</xPais>
	</enderReceb>
</receb>

 

Como resolver?

Primeiro deve-se consultar na Tabela de Municípios do IBGE, qual o código que corresponde ao Município do Recebedor do CT-e. Para essa consulta, acesse o link a seguir:

No exemplo, o município do recebedor é Itatiaia, no estado do Rio de Janeiro. De acordo com a tabela do IBGE, o código do município correto é '3302254', e para corrigir basta informá-lo no campo cMun.

Abaixo exemplo de XML com a correção:

<receb>
	<CNPJ>07385111000102</CNPJ>
	<IE>12345678</IE>
	<xNome>EMPRESA TESTE LTDA</xNome>
	<enderReceb>
		<xLgr>RUA BRASILIA</xLgr>
		<nro>SN</nro>
		<xBairro>CENTRO</xBairro>
		<!-- Código do Município do Recebedor -->
		<cMun>3302254</cMun>
		<xMun>ITATIAIA</xMun>
		<CEP>27580000</CEP>
		<UF>RJ</UF>
		<cPais>1058</cPais>
		<xPais>BRASIL</xPais>
	</enderReceb>
</receb>

 

Referências

0 (0)
Avaliação do Artigo (Nenhum voto)
Avaliar esse artigo
Anexos
Não há anexos para este artigo.
Artigos Relacionados RSS Feed
Comentários
Nome
Email
Código de Segurança Security Code
Não há comentários para este artigo. Seja o primeiro a postar um comentário.