Webinar Fundo de Combate à Pobreza (FCP) - Oobj e Systax

Rejeição 620: Chave de acesso de CT-e inválida (modelo diferente de 57) - Como resolver?

Rejeição

620 - Chave de acesso de CT-e inválida (modelo diferente de 57)

 

Causa

Quando for emitido um MDF-e e for informada Chave de Acesso que não é de CT-e (modelo diferente de 57) no Grupo de CT-es, será retornado a rejeição "620 - Chave de acesso de CT-e inválida (modelo diferente de 57)".

 

Exemplo hipotético:

Foi emitido um MDF-e e no Grupo de CT-es foi informada Chave de Acesso de NF-e. Nessa situação, o MDF-e será rejeitado pelo motivo 620.

<infDoc>
	<infMunDescarga>
		<cMunDescarga>4202008</cMunDescarga>
		<xMunDescarga>Balneário Camboriú</xMunDescarga>
		<infCTe>
		
		<!-- Chave de Acesso com modelo diferente de 57 -->
			<chCTe>50131299999999000191550000004806841263437702</chCTe>
		</infCTe>
	</infMunDescarga>
</infDoc>

 

Veja a regra de validação da Sefaz:

 

 

Como Resolver

A Chave de Acesso de um documento é composta por várias informações, entre elas, está o Modelo do documento.

A Sefaz ao retornar a rejeição, deverá informar a Chave de Acesso inválida, preenchida no Grupo de CT-es. Deve-se corrigir a Chave de Acesso informada no Grupo de CT-es.

Feita a correção, basta reenviar o MDF-e a partir do seu Software Emissor.

 

Referência

0 (0)
Avaliação do Artigo (Nenhum voto)
Avaliar esse artigo
Anexos
Não há anexos para este artigo.
Artigos Relacionados RSS Feed
Comentários
Nome
Email
Código de Segurança Security Code
Não há comentários para este artigo. Seja o primeiro a postar um comentário.